Crianças do núcleo de Saquarema recebem cestas básicas em evento teste

Publicado em: 23 DE JULHO

Crianças do núcleo de Saquarema recebem cestas básicas em evento teste
Alunos e familiares do núcleo de Saquarema com as cestas básicas (Créditos: Divulgação)

A manhã desta sexta-feira (23.07) foi muito especial para 18 crianças do núcleo de Saquarema (RJ) do Projeto VivaVôlei, da Confederação Brasileira de Voleibol (CDV). Elas estiveram dentro do Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV) para um evento teste de retorno às atividades presenciais. Além do reencontro entre alunos e professores, a ação também distribuiu cestas básicas angariadas pelo programa Sou+Vôlei.

O núcleo foi inaugurado em janeiro de 2020 e desde abril do mesmo ano migrou as atividades para o ambiente digital em razão da pandemia de COVID-19. Com aulas uma vez na semana e outras atividades propostas pelos professores, os alunos puderam seguir ativos neste período. No evento desta sexta-feira, Pedro Duarte, professor do VivaVôlei, destacou o envolvimento das crianças ao longo deste um ano e meio de distanciamento, e espera poder voltar às aulas presenciais logo.

“Durante o período de pandemia fizemos um trabalho produtivo. Precisamos nos reinventar, nos adaptar a sistema virtual. Foi um grande desafio, mas acredito que obtivemos bastante êxito com essa iniciativa, com bom retorno dos alunos. Temos um público fidelizado e hoje poder ter novamente o contato presencial é gratificante. Hoje a experiência foi muito legal, fizemos as atividades com um grupo reduzido, com cuidados. Eles puderam se divertir bastante e ficaram exaustos. Com o que vimos hoje acredito que seja possível o retorno presencial em breve”, explicou Pedro.

Para os alunos, a diversão foi total. Ao longo de pouco mais de 30 minutos eles fizeram atividades lúdicas e praticaram voleibol ao ar livre, com direito a muita diversão. Um dos mais empolgados com a experiência foi Uriel Soares, de nove anos.

“Eu fiquei um pouco triste durante o período que ficamos só em casa. Hoje foi muito bom poder rever meus amigos, mesmo que por pouco tempo e sem se aproximar muito”, disse o jovem.

E não foram somente as crianças que saíram satisfeitas. Ao final do encontro, todas as famílias receberam cestas básicas montadas a partir das doações feitas pelos fãs do voleibol de todo o país que contribuíram com a ação promovida pela CBV por meio do Sou+Vôlei. A dona de casa Claudeane Soares foi uma das beneficiadas.

“Eu tenho mais dois filhos, e vir aqui poder ver a felicidade de um deles e ainda levar para casa uma cesta básica, que dá uma força, é muito gratificante. Está sendo uma atividade muito importante para eles”, contou Claudeane.

 A supervisora do VivaVôlei no estado do Rio de Janeiro, Mariana Correa, destacou a importância do trabalho feito durante a pandemia pelo VivaVôlei e o impacto causado na formação de novos cidadãos.

“No momento que a gente vive, este (doação de cestas básicas) é um gesto muito importante para várias famílias assistidas. Aqui no Rio de Janeiro tentamos manter os alunos ativos com aulas on-line, e tivemos uma boa resposta deles, foi algo bastante pioneiro. Começamos em abril de 2020 e ainda seguimos neste modelo. Nós abordamos inclusão, socialização, e outros temas importantes para o desenvolvimento das crianças, que são cidadãos também”, comentou Mariana.

O VivaVôlei está presente na maioria das regiões do território brasileiro. Atualmente, são mais de 40 Centros em atividade, atendendo a cerca de sete mil crianças e adolescentes de comunidades carentes em 12 estados brasileiros, gerando cerca de cento e cinquenta empregos diretos e indiretos. As escolas atendidas apresentam, como diferencial, o fato de serem as únicas devidamente aparelhadas para o ensino do mini-vôlei ao público infantil no Brasil

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais